Game of Thrones, você já conhece?

1 comentários quinta-feira, 27 de dezembro de 2012 às 04:14 - Edit entry?

Você já conhece a famosa série baseada nas Crônicas de Gelo e Fogo de George R. R. Martin?

Ela estreou em abril de 2011 na HBO e já possui duas temporadas, e a terceira se iniciará dia 31 de março de 2013 com muitas surpresas e aventuras.

A série segue múltiplas histórias dos livros, se passando nos Sete Reinos de Westeros, onde "verões duram décadas e os invernos uma vida inteira". É uma intensa luta entre nobres famílias pelo Trono de Ferro de Westeros.

Por falar nos Sete Reinos, existe um mapa muito legal de Game of Thrones, vale a pena brincar com ele:
http://mapa.gameofthronesbr.com/

A série conta com vários personagens marcantes e envolventes, não me limito a mostrar alguns aqui para vocês, mas sim a Lista de Personagens de GOF. Espero que olhem alguns...

Mas uma das minhas personagens prediletas é a Daenerys, interpretada por Emilia Clark, atriz inglesa de Berkshire.

Gosto tanto dela que até criei uma page no facebook para ela, se vocês quiserem curtir: Daenerys Targaryen  (:

Game of Thrones é sem dúvida uma excelente série que cativa a qualquer um que começe a assistí-la. Tem um tempo livre? Quer assistir algo novo? Assista Game of Thrones, eu recomendo!! ;)

Posso pensar?

0 comentários terça-feira, 4 de setembro de 2012 às 13:04 - Edit entry?

A cada dia me convenço mais de que o que o Brasil precisa é de uma educação que ensine seus jovens a pensar e não a aceitar, sem questionamentos aquilo que o governo, os professores, os “mais velhos” dizem.
Digo isso por duas situações em especial: O aumento da tarifa do transporte publico e a decisão dos servidores federais do IFRN de continuar a greve, apesar de ser contrária a posição nacional.
Em relação ao primeiro, os estudantes organizaram um movimento cujo foco é protestar contra o aumento abusivo das passagens de ônibus. O movimento surgiu na internet e ganhou as ruas. Resultado: uma tropa de choque contra os estudantes.


Mas essa necessidade de uma educação que nos faça pensar se apresentou mais forte, com a deliberação dos servidores de continuar com uma greve que já dura mais de dois meses, na qual não vejo mais aquele sentido político que deve (ou deveria) estar presente na greve. Quero antes de tudo, deixar bem claro que sou sim a favor da luta por um salário equivalente ao trabalho por eles realizado, diria ainda que os professores deveriam ter o salário mais alto entre todos os servidores públicos (a realidade, infelizmente é muito distante disso).
Mas o caso é que dia 30 de agosto, o sindicado nacional publica a seguinte noticia:

Mas ontem, acordei com a seguinte noticia:


“Assembleia delibera a continuidade da greve no IFRN”

Obviamente que os estudantes – maiores prejudicados da situação – não aceitaram essa “mudança de opinião” sem reclamar, uma vez que estamos no inicio de setembro e concluímos apenas o 1° bimestre... Infelizmente, nossas reclamações só valem quando convém.
Não é fácil ver um governo autoritário, cuja única preocupação é “inflar” a bolsa, e esquecer-se das questões mais básicas, como educação, saúde, transporte, segurança. O retrato dessa despreocupação do governo com a população está no contraste entre a 6ª posição conquistada pelo Brasil no ranking da economia mundial, enquanto entre 187 países, ocupa a 87ª posição no quesito IDH.
Parece que o governo esqueceu que subiu ao poder, por causa dessas bases que hoje tanto ignoram a ponto de “não negociar com grevista”. Essa posição arrogante do governo vem endurecendo a posição do sindicato também, essa decisão de continuar com a greve, mesmo após a indicação nacional de saída demonstra isso.
Ao final de tudo, querem que os estudantes de “posicionem” a favor do movimento sem questionar, mas, felizmente, isto não está acontecendo. Parece que estão nos ensinando a pensar sem nem mesmo perceber...