Princípios da administração - Parte II

Your comment You are on administração Edit posts?
O administrador faz acontecer!!!


Vamos dar continuidade a primeira parte da série, iniciando nossa discussão de hoje com algumas perguntas:

O QUE FAZ UM ADMINISTRADOR?

Para começar, precisamos entender que o administrador sempre existiu (da mesma forma que a administração, de forma empírica) mas com características diferentes ao longo da história. A medida que as organizações e a própria sociedade se modificava, o administrador foi sendo obrigado a se modificar também, até chegar as características atuais no administrador.
Assim como o médico é necessário aos seus pacientes em seu consultório ou o advogado é aos seus clientes, o administrador surge para suprir as necessidades da organização. Para isso, a principal característica desse profissional é a competência (assim como em qualquer outra profissão). O administrador, sendo o grande responsável por toda organização, procura atuar com muito comprometimento e envolvimento. Com sua competência, irá contribuir para que a organização a qual esteja inserido, não só sobreviva neste mercado globalizado, onde a competitividade é tão acirrada, mas, permaneça sólida. O administrador, através de uma geral da organização (veremos próxima segunda o que é essa habilidade conceitual), desenvolve um trabalho de qualidade, conseguindo êxito em suas ações.
Observa-se então, as funções básicas do administrador:  Ser eficiente, ser eficaz e ser perene.
®     Ser eficiente: eficiência é resolver os problemas da organização, fazer do modo certo
® Ser eficaz: a eficácia é  o próprio “modo certo” aproveitando do recursos da melhor maneira possivel
®  Ser perene: Para ser perene, o administrador tem que fazer que suas ações se perpetuem.


®     Ou seja: ser EFETIVO!

As funções do administrador serão expostas brevemente, apenas para dar uma introdução ao trabalho que dele se espera, posteriormente serão apresentadas com maior detalhes. Assim, para melhor entendimento didático, foram separadas em dois grupos:

®      Funções dirigidas para a organização (Planejar, organizar, dirigir e controlar)
®      Funções voltadas para os colaboradores (Estimular, coordenar, controlar)






Bem pessoal, por hoje é isso! Qualquer duvida o sugestão é só entrar em contato por e-mail.

Até mais!




« Previous
 
Next »
 

2 comentários:

Fernanda Gabriela | 29 de março de 2011 20:38 ¿Responder? |

Achei interessante a iniciativa da série,@kamilapatrita, mas tenho uma crítica que ao meu ver é bem construtiva para o blog, é uma dica.


A crítica é a seguinte a parte sobre é eficiência e eficácia não ficou clara.
Aconselharia mudar o vocabulário para o maior entendimento dos leitores do blog, pois para o entendimento dos leigos a sua explicação não ficou clara e foi bem superficial. Seria interessante ter uns exemplos para ilustrar melhor.

Sempre acesso o blog e achei importante colocar a dar essa dica.

Olá Fernanda!
Obrigada pelas suas criticas! Pode ter certeza que eu tentarei deixar os próximos posts mais claros e objetivos. Seu feedback é muito importante para que possamos melhorar. Tentarei o mais breve possível, fazer outro post para esclarecer melhor os conceitos de eficiência e eficácia, utilizando alguns exemplos.

Obrigada por fazer parte do sinergiia e pelas dicas!

Your comment / Princípios da administração - Parte II